Por que a capacidade de integração de uma solução de SFA é importante?

No dia a dia das empresas, a tecnologia tem se mostrado essencial em vários aspectos: na captação de clientes, no controle de qualidade e no auxílio à gestão corporativa, entre outros. Nesse contexto, a capacidade de integração entre ferramentas e sistemas usados para fazer os processos funcionarem é essencial.

Isso ajuda, afinal, a automatizar tarefas repetitivas ou burocráticas e a monitorar os resultados de forma mais eficiente. Quando se fala de uma solução de automação de forma de vendas (Sales Force Automation – SFA), a ideia é tornar gestão dos processos de vendas mais ágil.

Quer saber qual a importância da capacidade de integração em soluções de automação comercial? A gente conta mais sobre isso neste post. Confira a seguir!

Potencial das funcionalidades

Aproveitar as funcionalidades da ferramenta de SFA em todo o seu potencial é o objetivo de toda empresa. Afinal, a ideia é que esse software torne o trabalho mais simples. Com uma solução de SFA é possível abordar aspectos de logística e práticas de geração de leads, negociação e fechamento de vendas.

Para isso, a ferramenta tem recursos de precificação, funções referentes à central de chamadas e até opções para gerenciamento de fluxo de trabalho. Isso permite monitorar o funil de vendas e tornar as operações mais transparentes.

Com um SFA, a companhia pode se certificar de que está fazendo tudo o que pode para aumentar seus lucros. Nesse cenário, um de seus principais benefícios é o aumento da produtividade da equipe de vendas. Quando integrado ao sistema de gestão empresarial (Enterprise Resource Planning – ERP), o SFA ganha ainda mais relevância.

Integração com plugins e webservices

Uma das formas de fazer essa integração é por meio das interfaces de programação de aplicações (Application Programming Interface — API), usadas em plugins e webservices. Tratam-se de padrões estabelecidos por um software para que outros possam utilizar suas funcionalidades sem entrar em detalhes de seu código.

Esse tipo de integração garante que todos os processos usem informações vindas de fontes confiáveis. Isso porque fazem os sistemas conversarem entre si de forma a alimentar o SFA com dados sempre atualizados, que ajudam a tomar decisões mais adequadas para o negócio.

Benefícios da integração com APIs

Em um mercado cada vez mais dinâmico, as empresas precisam comportar-se de forma ágil. Só assim vão ser capazes de oferecer produtos que estejam alinhados às necessidades do cliente. Nesse cenário, a integração com APIs apresenta vantagens importantes. Veja!

Controle remoto

Com o uso de plugins e webservices na integração do SFA, todos os sistemas podem interagir sem que sejam necessárias modificações muito significativas. Dessa forma, o tempo e o esforço aplicados na integração são muito menores.

Adaptação da equipe

Quando se usam as APIs, é possível fazer conexões sem que seja necessário implantar outros softwares. Com isso, ganha-se tempo e economizam-se recursos de treinamento, uma vez que a equipe já conhece os sistemas e não precisa aprender novamente.

Segurança dos processos

Além disso, esse tipo de integração permite ter uma visão sistêmica dos processos da empresa. Isso contribui para o aumento da eficiência operacional de modo mais seguro: como os dados transmitidos entre aplicações atendem a certificações digitais, garantem-se o envio e o recebimento protegido das informações.

De forma geral, a capacidade de integração da ferramenta de SFA é um diferencial importante para quem adota esse recurso. Afinal, a agilidade nas tomadas de decisão pode ser determinante quando se busca a vantagem competitiva nesse mercado.

Quer saber como isso pode ser feito de forma eficiente na sua empresa? Entre em contato conosco na MC1 e saiba como podemos ajudá-lo nesse processo.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

teste