Entenda o papel da tecnologia nas ações de trade marketing das empresas

Conhecer o público-alvo e ter um feeling apurado, de fato, são pontos importantes para a criação das ações trade marketing e gestão de equipes. No entanto, acreditar que isso basta para alavancar as vendas e apoiar as tomadas de decisão do gestor é um erro que pode levar muitas empresas a perderem market share.

O motivo é bem simples: a concorrência normalmente utiliza tecnologias e metodologias científicas que, sem dúvida, são estratégias mais eficazes para consolidar os produtos, automatizar tarefas e conseguir cada vez mais clientes.

Exatamente por isso, mostraremos neste artigo como os softwares podem ser utilizados para auxiliar a gestão dos processos de trade marketing e a fazer com que a sua empresa obtenha melhores resultados. Curioso? Então siga com a leitura!

O trade marketing apoiado pela tecnologia

Antes de mais nada, uma equipe de vendas que busca resultados relevantes nas ações de trade marketing e gestão de produtos precisa abandonar as estratégias baseadas na intuição e começar a utilizar a tecnologia como uma aliada ao seu negócio. Isso porque ela permite o levantamento de dados e pesquisas internas e de campo para compreender a presença, o preço e a ruptura da própria marca — além de fazer a gestão otimizada de diversos produtos.

Assim, todo esse apoio possibilita o aproveitamento de oportunidades que antes não eram notadas. Percebe como a tecnologia ultrapassa o mero “achismo”? Exatamente por isso, os recursos tecnológicos nunca devem ser ignorados se o objetivo é aumentar as vendas da sua empresa e criar estratégias de trade marketing bem-sucedidas.

O software para auxiliar os processos

Os softwares vão muito além de simples ferramentas de apoio: eles atuam como um fator de posicionamento estratégico para favorecer todas as etapas da gestão de equipes, tanto internas quanto externas. Ou seja, eles auxiliam o controle e organização hierárquica desde a direção empresarial, passando pelos gestores até chegar na equipe de vendas. E, assim, todos os setores se beneficiam com a tecnologia.

Para tanto, o processo se inicia na formatação ou reconfiguração do modelo de negócio para criar um conceito de gestão focada em disponibilizar informações relevantes para todos os envolvidos na venda — diretores, gestores e vendedores. Ou seja, os diretores de vendas e gestores conseguem auxiliar os vendedores de campo sem precisar abandonar o backoffice — por meio das informações que foram coletadas anteriormente com o auxílio de tecnologia.

Otimização das rotinas do diretor e do vendedor

Como vimos no tópico anterior, os softwares são responsáveis por transmitir informações do backoffice para os vendedores — além de guiar e consolidar as informações geradas em tempo real. Assim, eles ajudam a melhorar o processo de execução ainda em campo. Ou seja, tudo ocorre de imediato e sem a necessidade de postergar a análise de informações que contribuiria para implementação tardia de mudanças.

Para ficar mais claro, imagine um diretor de vendas no backoffice que recebe as informações da equipe de vendas em tempo real. Com esses dados em mãos ele pode analisar os próximos passos e, assim, guiar a equipe para a execução de tarefas da melhor forma, também em tempo real. E essa troca de informações dinâmica otimiza as rotinas tanto de diretor de vendas quanto do vendedor da ponta.

Talvez esse exemplo tenha dado uma ideia sobre o ganho de eficiência para a equipe de campo. Contudo, para tornar mais claro, aprofundaremos esse assunto e mostraremos como escolher a melhor ferramenta para negócios, nos próximos tópicos.

Garantindo mais eficiência na execução em campo

Infelizmente, a maioria dos softwares do mercado direcionam as suas soluções para o expediente das agências de trade marketing. Esse tipo de tecnologia, de fato, apresenta benefícios para empresas desse ramo de atuação. Contudo, a ferramenta pode deixar a desejar quando o objetivo é gerir equipes de campo e criar ações de trade marketing. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de escolher a melhor plataforma para a sua empresa.

É importante optar por uma ferramenta voltada para a gestão de categoria de produtos, pesquisa e análise das informações — uma vez que esse é o formato ideal para garantir mais eficiência na execução em campo.

Essas plataformas atuam como um canal na qual o promotor insere as informações que estarão disponíveis para análise da equipe de backoffice para integrar o plano de ação da empresa e criar e executar ações de trade marketing.

Funcionalidades importantes da ferramenta para a gestão de equipes

Até aqui, você deve ter percebido como os softwares podem otimizar o dia a dia das empresas, garantindo produtividade na operação, eficácia na administração e aproveitamento de oportunidades de vendas. Portanto, é chegada a hora de falarmos sobre algumas funcionalidades que não podem faltar em um software:

  • informações geradas pela equipe de vendas devem estar disponíveis em tempo real para os gestores e diretores;
  • da mesma forma, o software precisa disponibilizar informações ao vendedor para que ele possa executar perfeitamente a rotina estipulada pela empresa;
  • gestão das entregas, substituições e devoluções de produtos;
  • estruturação e gerenciamento de contas para estabelecer metas de vendas e oportunidades que devem ser aproveitadas por vendedor;
  • otimização da pronta entrega que permita a venda e impressão da NF-e (tanto online quanto offline);
  • abrangência em todo o processo de vendas (de ponta a ponta);
  • execução e monitoramento das atividades de marketing e trade marketing;
  • criação de rotinas para otimizar a eficiência da equipe de campo;
  • criação de perfis diferentes de usuário na mesma ferramenta (diretor, gestor, vendedor etc);
  • integração com outros softwares de gestão (como ERPs e CRMs);
  • solução multiplataforma baseada em nuvem como serviço (podendo ser acessada de qualquer lugar);
  • utilização de recursos nativos do próprio smartphone para ganho de mobilidade (como a utilização de processamento online e offline do dispositivo);
  • análise de dados do processo de vendas disponibilizadas no painel de controle;
  • função de feedback inteligente para obtenção de insights para melhoria contínua.

Por fim, é fundamental que a ferramenta escolhida tenha uma interface amigável e de fácil configuração. Afinal, a utilização de forma intuitiva e simples é a base do ganho de eficiência e da criação de ações de trade marketing mais eficazes.

Como vimos, os softwares devem ser utilizados pela sua empresa para automatizar os processos de uma ponta a outra e garantir maior clareza na gestão das equipes — evitando que os funcionários tenham uma sensação de insegurança e desordem no desempenho das tarefas. Além disso, eles são fundamentais para as ações de trade marketing do seu negócio, por isso, nunca devem ser ignorados!

Gostou deste artigo? Entendeu o papel da tecnologia nas ações de trade marketing e gestão das equipes? Então curta a nossa página no Facebook e siga-nos no YouTube, LinkedIn e Twitter para acompanhar outros conteúdos como este!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

teste