A importância da mobilidade corporativa nos processos de vendas

Mesmo que sua empresa desenvolva uma estratégia de vendas cujo processo seja bastante abrangente, sempre surgirão casos que não se encaixam perfeitamente no que foi previsto inicialmente. Portanto, é fundamental investir em flexibilidade na execução das vendas, para que elas sejam adaptáveis a cada situação.

Se a visita em um determinado cliente está agendada para a próxima semana mas seu estoque está baixo agora, é preciso reorganizar o cronograma para atendê-lo imediatamente. É por isso que uma ferramenta tecnológica se torna insubstituível para os vendedores.

Ela faz o monitoramento constante, garantindo que o vendedor possa seguir com seu planejamento pois, caso a situação descrita ocorra, ela criará um insight para informá-lo. Então, ele muda a agenda para atender à demanda que surgiu. O cliente, por sua vez, passa a valorizar ainda mais sua empresa, graças a esse atendimento otimizado.

Mesmo que a mudança de rota não seja uma garantia de negócio fechado, ela gera maior probabilidade de vendas. O resultado, na prática, é um aumento significativo no índice de vendas por visitas.

O mais interessante é que a solução da MC1 é integrada com o Waze. Se há um alerta de trânsito congestionado, a própria ferramenta cria uma rota alternativa para o vendedor não perder tempo. Afinal, seu deslocamento também deve ser otimizado — e isso depende de flexibilidade.

Garanta a integração com sistemas legados

A mobilidade do vendedor no campo, assim como a flexibilização dos processos de venda, depende muito de informações disponíveis no ERP e CRM da sua empresa. Isso faz com que uma ferramenta integrada a esses sistemas desempenhe um papel crucial na rotina das equipes.

 

Ficou interessado em saber mais sobre estratégias que dão mais precisão aos processos de vendas e geram muitos benefícios. Acompanhe a MC1 nas redes e aqui no blog e saiba como a tecnologia pode agregar valor ao seu negócio.

Grande abraço,
Leonardo Rocha
Gerente de Novos Negócios

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste